6 dez
2011
Vamos fazer uma dietinha?
   Por: Ste Costa

Quem me conhece há mais tempo sabe que nunca fui gordchenha rs. Sempre fui magra, com umas coisinhas indesejáveis localizadas aqui ou alí rsrs… no tempo que entrei pra universidade, e ainda durante uns 2 anos, cheguei até a pesar 42 kg sem fazer absolutamente nada pra isso. Na época até queria engordar um pouquinho porque com essa minha cara de pirralha, acabavam achando que eu tinha uns 13 anos (quando já tinha 22! aahaha) mas mantive aquele peso por um bom tempo…

Mas bem… nada na vida é pra sempre igual, né não? E eis que consegui dar uma engordadinha, depois até passei um pouco do que queria e fui parar na nutricionista e voltei às atividades física, vulgo cadimía!  Só que em 2011, acho que por causa de tantas mudanças na minha vida acabei ficando sem tempo pra “malhar”, desleixando um pouco e, claro, descontando na comida! #BoquinhaNervosa

Então cheguei no meu maior peso de todos esses 25 anos, quase 26, de vida! ahahah #drama

Daí que tomei vergonha na cara e resolvi procurar novamente uma nutricionista e dar um jeito de voltar a fazer algum exercício que não fosse só aquele de levantar o copo e o garfo!

Nhamii tá bonito isso né?

Bem, na sexta-feira, 1 mês depois da primeira consulta, voltei à nutricionista com os devidos exames que ela pediu. Tava tudo normal #viva! Uma coisa que fiz de diferente foi o Exame de Bioimpedância que tem o objetivo parecido com aquele que fazem na cadimía com uma pinça grande que aperta nossas gorduras ui! Serve para “avaliar a composição corporal”, ou seja, ver quanto a gente tem de água, massa magra, gordura e até o gasto energético. Só que esse, que é feito com eletrodos, é bem mais exato do que os da pinça.

Como já era de se esperar, preciso diminuir a gordura, aumentar a massa magra e fazer exercícios que acelerem o metabolismo e aumentem meu gasto de calorias que está bem baixo. A meta é perder 3kg, que é quanto eu já queria perder também!

A dieta da Dra. e meu caderninho com os cardápios que fiz pra semana

Agora vamos à dieta. Diferente da nutricionista que fui há uns anos atrás, essa me passou apenas 1 opção de cardápio e uma tabela contendo alimentos separados por grupo. O grande lance é que a partir desse único cardápio, posso ir montando outros, é só trocar pelos itens correspondentes.

Achei bem melhor assim… sabe aquele papo de reeducação alimentar? É bem por aí… a gente acaba aprendendo melhor o que comer e não enjoa como aconteceu comigo na dieta da outra nutricionista que passou torrada e suco de caixa pro café, lanche e jantar! ARGH

Os grupos de alimentos... esse aí tá até bom né? Tem até cheddar! ahaha.. mas é beeeem pouquinho!

Ah, e pra fechar, a Dra. Diana, que também é Nutróloga, receitou 2 manipulados que achei tipo assim vida! ahahaha

Um é um complexo antioxidante que tem Vitaminas (A, B1, B2, B3, B5, B6 e B12), Bioflavonóides, Selênio, Fósforo, Ginko Biloba e por aí vai…

O outro é composto por fibras tipo Agar Agar, Centelha Asiática, Glucomanan, Carqueja, Psyllium…….. eita!

Não falei que era vida? eheheh… Bem, eu imagino que uma boa alimentação acaba por suprir a maioria das coisas em que esses complexos todos atuam… mansssss como a gente acaba não comendo tão bem, acho que é uma boa poder complementar. Pena que não é tão barato! =/

É isso gente, bora começar já o projeto 2012?! E pra me forçar ainda mais a não desistir de tudo, prometo toda semana ir contando pra vocês como tá indo a dieta, o peso, e tudo mais… assim é mais uma obrigação pra mim né? =)

Gostou? Deixe um recadinho!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>